No icon

Comidinhas: os melhores salgados em Goiânia

Confira os endereços da categoria que valem a visita, mais opções com um cardápio natural

Casa Elza
Em 1972, Elza Tavares criou a marca de empadas até hoje feitas artesanalmente na cozinha comandada pela filha, Marilda Lima. Os salgados por ali têm massa fina e delicada, de sabor amanteigado, e recheio farto. Saem na versão grande (R$ 5,00 cada uma) e pequena (R$ 2,80 cada uma). O cliente tem dez escolhas de recheio, entre elas frango com catupiry, frango com pequi, frango com guariroba, bacalhau, palmito, camarão, marguerita e palmito com alho- poró. As roscas e bolos são vendidos por peso (R$ 24,90 e R$ 30,00 o quilo, respectivamente). Tortas, brigadeiros, pudim caseiro e ambrosias também integram as sugestões. Avenida T-4, 1268, Setor Bueno, (62) 3255-1111 (24 lugares). 7h30/19h45 (sáb. até 19h; fecha dom.). Aberto em 1972. 

Doce Doce
Apesar do nome açucarado, o carro-chefe da casa é um prato salgado. Trata-se da coxinha de frango com catupiry (R$ 7,00 cada uma), sucesso desde a inauguração. Na seleção doce destacam-se o brownie tradicional com sorvete (R$ 12,00) e o bolo gelado de leite Ninho (R$ 8,00), que fazem jus ao nome do estabelecimento. Rua 9, 431, Setor Oeste, (62) 3224-6069 (50 lugares). 7h30/20h (fecha dom.). Flamboyant Shopping Center, Jardim Goiás, (62) 3515-1028 (34 lugares). 10h/22h (dom. 14h/20h) Aberto em 1987. 

Empada do Alberto
Funciona dentro do Mercado Central e serve uma das empadas mais tradicionais da cidade. Cerca de 600 unidades da empada de frango (R$ 5,00 cada uma) são vendidas por dia. A procura é tanta que foi criada uma versão extragrande, chamada empadão goiano. Além de frango, o recheio leva guariroba, palmito, lombo, azeitona, linguiça e queijo (R$ 16,00 cada uma). Mercado Central, Setor Central, (62) 3224-1168. 7h/18h. Rua A, quadra B2, lote 8, 404, Setor Leste Vila Nova, (62) 3995-2036. 9h/22h (sáb. até 14h; fecha dom.). Aberto em 1947. Aqui tem iFood.

Empadinha da Nenen
Em 2008, aos 65 anos, Adinalda Sirqueira Cavalcante, a dona Nenen, abriu a casa especializada em empadinhas. Os recheios mais pedidos pelos clientes são frango, camarão e carne de sol (R$ 5,50 cada uma). Incluídos recentemente no cardápio, a batata e o quibe recheados custam R$ 15,00 cada um. Para adoçar, há empadinha de chocolate com morango (R$ 5,50). Avenida 136, esquina com rua 90, 1116, Setor Marista, (62) 3092-2570 (35 lugares). 7h/18h (sáb. até 12h; fecha dom.). Aberto em 2008. Aqui tem iFood.

J. Pereira
Aberta em 1963, a marca é uma instituição na cidade. A receita do premiado pão de queijo (R$ 2,50) segue a mesma desde então. A pedida concorre com outros salgados, como o enroladinho de salsicha, a esfiha de quatro queijos e a coxinha (R$ 5,00 cada um). Rua 10, 236, Edifício Jota Brado, Setor Oeste, (62) 3215-2171 (31 lugares). 6h/19h (sáb. até 12h; fecha dom.). Rua 55, 458, Centro, (62) 3223-3352. 6h/18h (sáb. até 12h; fecha dom.). Aberto em 1963. 

Pastelaria do Meu
A pastelaria mais antiga de Goiânia é conhecida nacionalmente e já apareceu em programa culinário da televisão. O menu lista setenta recheios, mas o cliente pode montar ao seu gosto com os variados ingredientes. O mais vendido atualmente é o pastel árabe, com carne, cebola, limão e hortelã. A casa apresenta a linha tradicional (R$ 5,00 cada um) e a premium (R$ 6,00 cada um), a exemplo do salgado recheado com jiló, queijo fresco e raspa de limão. Mercado Popular, Setor Central, (62) 98194-8961. 7h/19h (qua. até 22h; sáb. até 12h; fecha dom). Aberto em 1963.

NATURAIS

Flow Fresh To Go
Novidade em Goiânia, a casa tem comidinhas saudáveis prontas para levar para casa ou comer no local. O sanduíche australiano (R$ 12,00) é recheado com pasta de frango, cenoura, queijo de Minas e tomate. O cliente também pode optar pela omelete de peito de peru, mussarela e tomate, por R$ 14,00. Acerola, caju e mel compõem a mistura do suco antigripal (R$ 13,00). Há também o açaí tradicional batido com banana, a partir de R$ 10,80. Alameda Ricardo Paranhos, quadra 249, lote 12/13, Setor Marista, (62) 3988-4236 (20 lugares). 11h/21h30 (sáb., dom. e fer. 8h/15h30). Aberto em 2017. Aqui tem iFood.

Go Box Fresh Fast Food
Inaugurada meses atrás, a casa caiu no gosto dos moradores da cidade e acabou entre as finalistas ao prêmio novidade do ano. O cardápio do pequeno restaurante decorado com paletes de madeira muda diariamente. Os potinhos de plástico com as comidas prontas ficam nas geladeiras e estufas, prontos para serem levados para casa. A proteína, como a moqueca de peixe (R$ 16,00), vem sozinha. Arroz integral (R$ 5,00), purê de banana-da-terra (R$ 8,00) e outras guarnições são pagos à parte. O ravióli de abobrinha (R$ 8,00), que troca a massa pelo legume, é recheado com ricota de leite de castanha e regado a molho de tomate. Para adoçar, mas sem açúcar nem lactose, é só pegar o iogurte de frutas vermelhas (R$ 15,00). Alameda Ricardo Paranhos, 1202, (62) 3587-2956 (48 lugares). 11h/21h (fecha sáb. e dom.). Aberto em 2017.

Comment