No icon

Por: CBSK

Letícia Bufoni e Lucas Rabelo conquistam o título da primeira etapa do STU Qualifying Series 2018.

Oi STU QS Street, na Praça Duó, na Barra da Tijuca, marcou o retorno da skatista paulista, que não competia no Brasil desde 2013.

Primeira etapa do STU Qualifying Series 2018, circuito que reúne as modalidades Street e Park, masculino e feminino, o Oi STU QS Street viu dois skatistas em momentos diferentes na carreira conquistarem o título. Na tarde deste domingo (18), na Praça Duó, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a paulista Letícia Bufoni, tricampeã dos X-Games, mostrou todo o seu talento para ficar com o título entre as mulheres. No masculino, o jovem Lucas Rabelo, de 19 anos, mostrou que tem tudo para brilhar na modalidade ao vencer uma disputa equilibrada. A próxima etapa do STU Qualifying Series 2018 será o STU QS Park, entre os dias 11 e 13 de maio, em Florianópolis (SC).

Sem competir no Brasil desde 2013, Letícia veio focada para conquistar o título no Rio de Janeiro. A disputa com Pâmela Rosa foi acirrada, mas um acerto maior nas manobras fez com que a tricampeã dos X-Games ficasse com a medalha de ouro no Oi STU QS Street, evento que integrou a programação do Oi Jogos Cariocas de Verão. Ao término das duas voltas, e mais cinco tentativas, Letícia somou 299.33 pontos, contra 288.00 da adversária. A medalha de bronze ficou com Gabriela Mazetto, com 260.33 pontos.


Pamela Rosa


Gabriela Mazetto

“Consegui o primeiro lugar e estou muito feliz por competir no Brasil. Muito mais feliz ainda por ter um circuito desses no meu país, era algo que precisávamos. Ganhei com a presença da minha família, meus amigos. Estou muito feliz também por ter acertado minhas manobras e pelo resultado. Quero continuar treinando e evoluindo e disputar todas as etapas do STU”, afirmou Letícia, atleta Oi.

No masculino, a disputa começou no último domingo, 18, com as semifinais, reunindo 16 skatistas vindos das eliminatórias e mais oito atletas pré-classificados. Pentacampeão mundial, Kelvin Hoefler era um dos favoritos e terminou a semifinal na primeira colocação. Mas na grande final, com duas voltas, e mais cinco tentativas, o paulista não foi bem e acabou com a medalha de bronze, com 318.33.

Lucas surpreendeu com manobras ousadas e levou o ouro no Oi STU QS Street ao somar 341.33 pontos. A prata ficou com Tiago Lemos, com 319.00. “Estou muito feliz, não sei nem o que falar a ficha ainda não caiu. Todo mundo andou muito. O que me ajudou bastante foi a minha segunda volta, em que acertei todas as manobras. O corrimão me salvou mais uma vez. Quando vi que estava em primeiro lugar, levei um susto”, disse Lucas.

Oi STU QS Street marcou o início da junção do Calendário Brasileiro de Skate com a plataforma Skate Total Urbe (STU), numa parceria da Rio de Negócios com a Confederação Brasileira de Skate (CBSK), com patrocínio da Oi.

A decisão de unir o calendário brasileiro com o STU tem como objetivo contribuir para a preparação dos atletas para a disputa de medalhas nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, como também fomentar, incentivar e viabilizar a prática do skate no Brasil, possibilitando o desenvolvimento, reconhecimento e uma maior identidade para o skate nacional. A plataforma STU criou um calendário de competições a ser realizado no Brasil, consolidando de vez o país no cenário dos grandes eventos nacionais e internacionais do skate.

O circuito conta com quatro etapas qualificatórias para o Street e quatro para o Park, sendo realizadas em diferentes meses e estados. A última etapa englobará as duas modalidades e será realizada em novembro, no Rio de Janeiro, no Oi STU OPEN 2018, onde serão conhecidos os integrantes da Seleção Brasileira de Skate do próximo ano.

A equipe será composta por quatro atletas masculinos e quatro femininos de cada modalidade, totalizando 16 skatistas. Em 2018, a definição dos atletas integrantes da equipe será feita exclusivamente por decisão do Comitê Técnico da CBSK. O anúncio dos escolhidos será realizado em abril.

O Oi STU QS Street etapa RJ é apresentado pela Oi, viabilizado pela Secretaria de Esporte Lazer e Juventude além de apoio da Vans, Prefeitura do Rio de Janeiro e Riotur. A idealização e realização são da Rio de Negócios e CBSK.

Comment